edição digital

Vamos celebramos o dinamismo de uma língua universal...

05/05/17 COMUNIDADES Imagem

“O português é uma das línguas mais dinâmicas do mundo”, sublinhou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, no prefácio do ‘Novo Atlas da Língua Portuguesa’, lançado em novembro do ano passado, no Palácio das Necessidades, em Lisboa. São cada vez mais os falantes de português por todo o globo terrestre: dos 263 milhões em 2015, deveremos chegar aos quase 390, daqui a menos de 40 anos. Motivos não faltam pois, para, um pouco por todo o mundo, hoje ser dia de celebração. Em português, é claro...

Continua a aumentar o número de falantes de uma língua que é de todos nós, lusófonos, mas também já pertence a muitos outros: o português é atualmente a quarta língua mais falada no mundo, a seguir ao mandarim, ao espanhol e ao inglês.
Em 2015, eram 263 milhões aqueles que sabiam expressar-se neste idioma, com sotaques e melodias diversos. A sua projeção aponta ainda para quase 390 milhões em 2050 e cerca de 490 milhões até 2100. A concretizar-se, por cada falante atual, haverá, no final deste século, 1,9.
E se as projeções das Nações Unidas estiverem corretas, haverá uma mudança de geografia, como frisou Augusto Santos Silva. “Se hoje a larguíssima maioria dos falantes da nossa língua reside no Brasil, prevê-se que no final do século XXI, o número dos que a usarão em África será superior ao da América Latina, mudando assim qualitativamente a geografia e, em consequência, a variedade maioritária do português”, esclareceu o ministro dos Negócios Estrangeiros.
Para celebrar esta língua, ‘senhora’ de uma dinâmica crescente, foi instituído a 5 de maio, o Dia da Língua Portuguesa e das Culturas na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).
Em 49 países, são inúmeras e variadas as atividades que comemoram esta língua universal “donde se vê o mundo”, como escreveu Virgílio Ferreira no texto «A Voz do Mar». Os eventos são promovidos e apoiados pelas Embaixadas e Consulados Portugueses e pela Rede do Camões, I.P. (Cátedras, Leitorados, Coordenações de Ensino e Centros Culturais Portugueses), por vezes em associação com representantes culturais e/ou diplomáticos dos países da CPLP.
Divulgamos aqui algumas dessas atividades…

ÁFRICA DO SUL
Recitais e uma exposição sobre Fernão Mendes Pinto
Neste país, a data foi celebrada a 2, 3 e 5 de maio com recitais de canto e piano em três locais distintos. Em Pretória, realizou-se no dia 2 de maio, na Residência de Portugal, e a 3 de maio, na Alliance Française, em parceria com a AF e a Universidade de Pretória, houve recitais de canto e piano com José de Eça (tenor) e Luís Costa (pianista). Em Durban, o concerto realiza-se hoje, 5 de maio, na Durban High School, que foi frequentada por Fernando Pessoa . No programa, destacam-se obras emblemáticas do repertório para piano e canto dos séculos XVIII e XIX.
Ainda em Pretória, a Embaixada de Portugal e a Coordenação de Ensino Português têm patente, até 30 de junho, a exposição ‘Fernão Mendes Pinto – o deslumbramento do olhar’. São 24 painéis que ‘passeiam’ pela obra do escritor português do século XVI, autor da Peregrinação, “que constitui o primeiro grande relato da exploração do Oriente pelos portugueses”, informa o Camões, I.P. Foi concebida por Ana Paula Laborinho, presidente do Camões, I.P., por ocasião da comemoração dos 500 anos do nascimento de Fernão Mendes Pinto, em 2009.
Já em Joanesburgo, no dia 9 de maio, no Wits Theatre, Filipa Pais regressa com um novo espetáculo, organizado pela Embaixada de Portugal, o Consulado-Geral de Portugal e Universidade de Witwatersrand. A cantora vai combinar muitas experiências e viagens através da música e as inúmeras maneiras de interpretá-las e ouvi-las, através das diferentes lentes e sons da ‘Lusofonia’: do Fado à MPB, abordando também os vários géneros “que explodiram dos países africanos que pertencem aos PALOP”, informa o Camões, I.P. Sons diferentes, mas unidos pela mesma linguagem e o amor universal pela música.

ALEMANHA
Cinema, literatura e mesa-redonda
Neste país, de 5 a 10 deste mês, decorre a ‘Semana da Língua Portuguesa’, organizada pelo Leitorado do Camões, I.P. em Colónia, em parceria com o Leitorado do Brasil. A apresentação do filme ‘As fontes de Macau” e palestra, com o realizador Cheong Kin Man, a 5 de maio; o congresso ‘Portugal e a UE’, no dia 6 de maio; uma tertúlia/sarau no dia 9, numa organização do Instituto Luso-Brasileiro com a participação do Leitorado e do grupo Teatro Lusotaque; a leitura e conversa com Birgit Weyhe, autora da novela gráfica ‘Madgermanes’; a apresentação das “novas tendências do cinema moçambicano atual”, a 10 de maio, são as atividades que integram a ‘Semana da Língua Portuguesa’ em Colónia.
Em Leipzig, o Leitorado do Camões, I.P. realiza no dia 10, no Literaturcafé, uma sessão com a participação da escritora portuguesa, Lídia Jorge.
Haverá a leitura de alguns excertos das obras ‘A Costa dos ‘Murmúrios’ e ‘O Vento Assobiando Nas Gruas’, seguida de um debate, dando a voz à autora e a todos os convidados.
Já em Hamburgo, a Universidade de Hamburgo e o Camões- Centro de Língua Portuguesa naquela cidade organizam o ‘Mergulhe na Língua Portuguesa em Hamburgo: vá para fora cá dentro’ 2017, que pretende promover e divulgar a língua, cultura e literatura portuguesas junto de alunos, docentes e público da cidade e área circundante.
O evento realizar-se-á no Centro de Língua Portuguesa em Hamburgo, a dia 9 de maio, das 10h às 12h30 e das 14h às 16h.

ANGOLA
Música e poesia em Luanda
O lançamento da 2ª Edição da ‘Palavra do Ano Angola 2017’ marcou, com música e poesia, as celebrações do Dia da Língua Portuguesa e da Culturas na CPLP, no Centro Cultural Português em Luanda. A iniciativa, realizada a 4 de maio, em parceria com a Plural Editores e a Porto Editora, teve por objetivo sublinhar a riqueza lexical e o dinamismo criativo do português, património vivo e precioso comum aos mais de 263 milhões de pessoas que nela se expressam em vários continentes.
A ‘Palavra do Ano’ procura valorizar a importância das palavras, e dos seus significados, na produção individual e social dos sentidos, com que se vai interpretando e construindo a própria vida.

CUBA
Tertúlia e festival de cinema
Em Havana, a União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba é hoje palco de uma ‘Tertúlia Literária e Gastronómica na UNEAC’.
Leitura de poemas da CPLP por alunos do Leitorado do Camões I.P. na Universidade de Havana, tradutores e professores de português e mostra gastronómica com comidas típicas dos vários países lusófonos e o lançamento do Livro de Poesia Bilingue ‘Eugénio & Eliseo, História de Amores Cruzados’, de Eugénio de Andrade e Eliseo Diego, são os eventos dinamizados.
E entre 3 e 7 de maio, o cinema Infanta está a receber o 1º Festival de Cinema em Língua Portuguesa de Cuba. Portugal apresenta ‘Linha Vermelha’, de José Filipe Costa (2011), ‘O Sonho do Crocodilo’ (2002), de Diana Andringa. De Moçambique, chega ‘O Último Voo do Flamingo’ (2010), de João Ribeiro e de Cabo Verde, é projectado ‘Bitú’ (2009), de Leão Lopes. O cinema de Angola está presente com ‘Na Cidade Vazia’ de Maria João Ganga (2004), e da Guiné-Bissau será apresentado ‘O Espinho da Rosa’ (2013), de Filipe Henriques.
Estas ações são organizadas em parceria com a União Nacional de Escritores e Artistas de Cuba, Cinemateca Nacional de Cuba e as Embaixadas de Portugal, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor Leste.

ESPANHA
Programa vasto com 57 atividades
A Coordenação do Ensino de Espanha/Andorra tem a decorrer até 9 de maio um vasto programa com 54 atividades diversas no ensino básico e secundário e no ensino superior. workshops, exposições, semana gastronómica, recital de poesia, peddy paper, ‘Chá com Letras’, concurso da lusofonia, declamação de poemas, mostra de curtas metragens, animação e leitura dramatizada, uma conferência sobre a importância do português no mundo, são algumas das várias atividades organizadas.

ESTADOS UNIDOS
Contar histórias em português
Neste país, a Coordenação do EPE agendou para hoje sessões nas escolas com o humorista português Jorge Serafim, um contador de histórias profissional, ligado há vários anos à promoção e divulgação da literatura infanto-juvenil. Estará presente em New Jersey, Nova Iorque e Connecticut a contar histórias aos jovens e adultos numa iniciativa da Coordenação de Ensino Português - Newark. O humorista e contador de histórias encontrar-se-á também com a comunidade portuguesa e com nacionais dos diversos países da CPLP.

FRANÇA
Exposição, colóquio e uma homenagem
Neste país, a Cátedra Lindley Cintra, o Leitorado na Universidade Paris 8, a Coordenação do EPE (CEPE França), o Centro Cultural Português (CCP Paris) e o Consulado Geral em Paris realizaram a 3 de maio, às 18h, no Consulado Geral de Portugal, uma homenagem a Isabel Barreno. Ainda este mês, mas entre os dias 16 e 20, na Casa de Portugal André de Gouveia, a Cátedra Solange Parvaux/CREPAL da Universidade Sorbonne Paris III/Dep. Estudos Ibéricos e Latino América terá patente a exposição ‘Fictions Lusotopiques: La Lusophonie réinterprétée’, de autoria da artista plástica Denise Demaret-Pranville. Haverá ainda uma leitura bilingue dramatizada do conto ‘La princesse aux épices de Gladys Say’, pelos alunos da licenciatura de Português LLCSE de Paris III, e um concerto de música brasileira.
E, por fim, a 18 de maio, o CCP Paris dinamiza o colóquio ‘Voix’ aux images! (faire et penser l’art en portugais)’, na Gulbenkian, inserido na semana da ‘Lusoscopie’. Apresentação e discussão de livros com os autores, mesas-redondas com a presença de galeristas franceses que expõem artistas portugueses, a participação de Vera Mantero, uma exposição de Rui Chafes e a exibição do filme ‘Até ao Fim’, de J.Trabulo no Goethe Institut, são outros eventos que integram as celebrações da efeméride.

GUINÉ-BISSAU
Uma oficina de jornalismo cultural
Termina hoje uma oficina de formação sobre técnicas e temas de jornalismo cultural, dinamizada pelo Centro Cultural Português em Bissau, em parceria com a Embaixada de Angola e a Embaixada do Brasil na Guiné-Bissau. O objetivo desta formação foi criar momentos de reflexão em torno dos contributos do jornalismo cultural para a construção de valores de cidadania e favoráveis ao desenvolvimento.
O programa do 5 de maio inclui ainda uma palestra com a jornalista e escritora portuguesa Alexandra Lucas Coelho, na Embaixada do Brasil, sobre o tema da identidade cultural na CPLP.

ÍNDIA
Celebrar a língua com cinema
O Camões – Centro Cultural Português em Nova Deli celebra o Dia da Língua Portuguesa e das Culturas na CPLP com a mostra do filme ‘1ª Vez 16MM’, do realizador português Rui Goulart, na sala multiuso da Embaixada de Portugal.
O filme também será apresentado, numa data posterior, aos alunos de português nas Universidades de Jamia Millia Islamia e de Deli.
Neste âmbito, nos dias 11 e 12 deste mês, organizar-se-á também a mostra do ‘New York Portuguese Short Film Festival 2016’, no India International Centre, com a mostra de 10 curtas-metragens portuguesas.

ITÁLIA
‘Viva a língua portuguesa!’
Um colóquio internacional sob o tema ‘Viva a língua portuguesa! Varietà linguistiche e culturali attraverso i continenti’ celebrou a 4 e 5 o Dia da Língua Portuguesa e das Culturas na CPLP em Roma, numa organização da Cátedra José Saramago na Universidade de Roma TRE.
Tendo na sua comissão científica a professora Giulia Lanciani, diretora da Cátedra, e os professores Giorgio de Marchis e Salvador Pippa, esta iniciativa visa refletir sobre a dimensão pluricêntrica da língua portuguesa, contando com académicos de Portugal, de Itália, do Brasil e de Angola.

MARROCOS
Escritores e estudantes celebram a língua e a literatura
A Embaixada de Portugal e Centro Cultural Português em Rabat estão a dinamizar, até 6 de maio, a 3ª edição das ‘Jornadas da Língua Portuguesa’, centradas no papel da literatura de expressão portuguesa na promoção da interculturalidade. Três escritores lusófonos de Angola, do Brasil e de Portugal (José Luís Peixoto), bem como uma escritora marroquina, foram convidados a partilhar com o público as suas reflexões sobre a relação entre a criação e interculturalidade, no âmbito de uma mesa redonda.
Os mesmos autores participam em ateliers de escrita criativa destinados aos estudantes lusófonos que frequentam o ensino superior em Marrocos e os alunos estão presentes na emissão especial de rádio ‘Café com Leite’, transmitida pela plataforma de rádio online Kulture Mosaik, em direto do Instituto de Estudos Hispano-Lusófonos, no dia 5 de maio. Vão ainda participar em atividades desportivas e jogos tradicionais. O programa inclui também a exibição de filmes, todos eles adaptações de obras literárias. O filme português a exibir será ‘Os Maias – cenas da vida romântica’, de João Botelho. Numa parceria com o IEHL da Universidade Mohammed V de Rabat e as Embaixadas de Angola, do Brasil e de Portugal.

MOÇAMBIQUE
Jornadas de língua portuguesa
Já em Maputo, decorrem até hoje as ‘9as Jornadas da Língua Portuguesa’, na Universidade Eduardo Mondlane, com o objetivo de desenvolver uma cultura de investigação em torno do ensino e da aprendizagem da língua portuguesa. Estas Jornadas inserem-se numa já longa tradição, iniciada em 2005.
Este encontro é dedicado ao tema ‘Língua e Literacia(s) no Século XXI’ e conta com a presença dos conferencistas Carlos A. M. Gouveia e Fernando Albuquerque Costa da Universidade de Lisboa, Perpétua Gonçalves da Universidade Eduardo Mondlane, Hildizina Dias da Universidade Pedagógica e Elias Torres Feijó da Universidade de Santiago de Compostela.
Para além destas conferências plenárias, serão proferidas 35 comunicações por académicos, três workshops, um painel e o lançamento do livro ‘Ensino da língua portuguesa em contextos multilingues e multiculturais: Textos selecionados das VIII Jornadas da Língua Portuguesa’, numa edição conjunta do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e da Porto Editora. As ‘9as Jornadas da Língua Portuguesa’ são uma parceria entre o Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. a Universidade Eduardo Mondlane e a Universidade Pedagógica de Moçambique.

REINO UNIDO
Atividades em várias cidades
O Centro de Estudos Camões no Kings College e a Coordenação do EPE no Reino Unido e Ilhas do Canal organizaram um espetáculo celebrativo da língua portuguesa, escrita e cantada. A escritora Isabel Stilwell junta-se à cantora e compositora moçambicana Maiuko e ao escritor brasileiro Filipe Botelho, enquanto o grupo Tânsitos Saudosistas será responsável pelo momento musical. No final do evento, decorre uma receção.
O evento realiza-se em parceria com as embaixadas de Portugal, Angola e Brasil e o Alto Comissariado de Moçambique.
Já o Centro de Língua Portuguesa de Newcastle convida para a exposição ‘Viagens lusófonas: Portugal e Brasil’ que reúne cartazes criados pelos alunos do primeiro ano sobre um aspeto cultural ou turístico de Portugal ou do Brasil. Está ainda prevista a realização de um ‘Café Português’ já com longa tradição naquela cidade inglesa, e que se apresenta como um encontro lusófono que inclui falantes de português como língua materna e falantes de português como segunda língua, nomeadamente os alunos da universidade. Na Universidade de Cardiff, haverá uma tertúlia sobre ‘Diásporas Lusófonas’ com alunos de estudos portugueses e membros da comunidade lusófona local no café ‘Nata’. Na Universidade de Bristol, haverá hoje a exibição do filme ‘Redemption’ (2013), de Miguel Gomes e, na Universidade de Birmingham, são apresentadas peças de teatro com a participação dos alunos e a exibição de um filme português seguido de mostra de gastronomia portuguesa. Na Queen Mary University of London, será exibido o documentário ‘Língua - Vidas em Português’ (2002), de Vítor Lopes. Também hoje, o Centro de Língua Portuguesa de Edimburgo exibe um filme em língua portuguesa, seguido de recepção à comunidade e aos alunos.

RÚSSIA
Música, danças e poesia
A 15 de maio, o Leitorado de Português na Universidade Estatal de Relações Internacionais celebra a língua portuguesa com canções ao vivo, danças dos vários quadrantes da lusofonia, poemas declamados e encenações, na Universidade Estatal de Relações Internacionais de Moscovo (MGIMO). Numa parceria com embaixadas dos países lusófonos e a MGIMO.

TAILÂNDIA
Estudantes tailandeses de português realizam eventos
Hoje, o Centro Cultural Português em Banguecoque realiza um evento conjunto de divulgação da língua e da cultura lusófona, na Universidade Chulalongkorn. Com demonstrações de música e dança pelos estudantes tailandeses de português e pela Associação de Estudantes Timorenses na Tailândia. Está ainda patente a exposição ‘O Potencial Económico da Língua Portuguesa’. As atividades realizam-se com a parceria das embaixadas do Brasil, Portugal e Timor-Leste, o Consulado Honorário de Moçambique e missões diplomáticas lusófonas na Tailândia.

TIMOR-LESTE
‘Semana da Língua Portuguesa’
Neste país lusófono, o ponto alto das celebrações acontece hoje, às 16h, na sede da CPLP, com a apresentação do ‘Novo Atlas da Língua Portuguesa’ e com as comemorações do 15º aniversário da Escola Portuguesa em Díli. Atividades inseridas na ‘Semana da Língua Portuguesa’, iniciada no dia 2 e que se prolonga até amanhã, 6 de maio.
Hoje ainda poderá ser vista a exposição ‘História da Língua Portuguesa’, patente na Universidade Nacional de Timor, que deverá depois seguir em itinerância por outros estabelecimentos de ensino e para diferentes públicos-alvo. Amanhã, na Fundação Oriente, vai ser apresentado um ‘Ciclo de Documentários da CPLP’, com o início das projeções às 15h. Intitulado ‘A Nossa Língua’, o evento reúne filmes co-produzidos com o apoio da CPLP em resultado do I Programa de Fomento à Produção e Teledifusão de Documentários da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O ciclo prolonga-se pelas oito semanas seguintes.
No âmbito da ‘Semana da Língua Portuguesa’, foi realizado ainda o seminário ‘Criar, Educar e Inovar em Língua Portuguesa’ e um concerto de Bernardo Espinho e António Caixeiro, numa homenagem ao Cante Alentejano, património imaterial da humanidade.

TURQUIA
Há uma ‘casa portuguesa’ em Istambul
Na Turquia, as celebrações iniciaram-se a 27 de abril e prolongam-se até 7 de maio.
Promovida pela Embaixada de Portugal em Ancara, o Camões, I.P. e a AICEP, está patente até 7 de maio, no Hotel St. Regis, o evento ‘Uma Casa Portuguesa’, que reúne fado, gastronomia e design português. Pela primeira vez foi recriada uma casa de fados, com Ana Laíns como fadista convidada. O menu, preparado por dois Chefs portugueses convidados pelo hotel, é servido numa sala de jantar típica, a lembrar uma Lisboa boémia e antiga. E hoje, numa organização do Ministério dos Negócios Estrangeiros turco, em conjunto com as Embaixadas dos países da CPLP, terá lugar uma receção e evento cultural com a presença dos embaixadores de Portugal, Brasil e Angola, bem como de Estados com o estatuto de observadores associados da CPLP.

SISAB Portugal

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

No nosso Facebook...

Mario Fazenda

Parabéns ao Mundo Português


Vicentina Coelho

o + importante de tudo é voces publicarem a historia,, e lindo


Alvaro Rodrigues

Bom Dia para todos voces desse Mundo Português. Saudades desse lindo Porto que eu vivi nos meus anos de 50 a 1955. Um grande abraço e continuem mandando lindas fotos.


Maria Aurora Ribeiro

Um domingo maravilhoso para todos nós Portugueses espalhados pelo mundo eu moro no Brasil tenho muita saudade da minha terra natal beijinhos


Maria Isilda Sousa Faria

Muitos saludos aos portugueses pelo mundo fora desde caracas venezuela


Fatima Alves de Andrade

Felicitacoes! Temos que celebrar o que e nosso.


Ailton Aurora Alves

Bom dia e boa tarde para meu Portugal que amo de paixão !!!! muitos beijos para todos os Portugueses


Ayelen De Jesús Correia

Muitos parabéns ao Dr Carlos Morais, pelo trabalho realizado para o benefício da comunidade Português no mundo. Um prazer ter conhecido a o Sr Carlos e tudo o equipe do O Emigrante/ Mundo Português.


Jose Maria Monteiro

11.10.15 - Da cidade de CALW - Alemanha BADEN WURTENBERG Bom dia para todo o Mundo e, um bom Domingo para todos os meus amigos !!!


Armando Figueiredo

Johannesburg, Africa do Sul... Tempo maravilhoso,..um optimo dia pessoal!...


Silvia Leiva

olá! desde Santa Fe, na Argentina,um beijo para todos os portugueses. cá, esperando que a primaveira chegue de verdade :P faz frio ainda!!!!! carinhossss


Isabel Loyola

Parabéns pela página! Sou brasileira de Curitiba e leio-a com imenso prazer.


Maria Esteves?

Desejo a todos os emigrantes portugueses muita sorte e muita saúde


Maria Clara

Obrigada por esta página; pois tudo q diz respeito a Portugal me interessa, pois eu moro no Brasil; um abraço.


Maria Rosa

Muito bom mesmo!!! Meus parabéns a todos, tenham um bom dia.




Marcas Grupo