edição digital

Foram lidos por soldados portugueses na I Guerra Mundial e estão agora expostos em Lisboa

28/02/17 CULTURA Imagem

A exposição que dá a conhecer livros e jornais lidos pelos soldados portugueses na frente de combate em França, durante a Primeira Guerra Mundial.

“Com esta mostra pretende-se dar a conhecer, através de uma pequena seleção de livros, o acervo das bibliotecas móveis destinadas ao Corpo Expedicionário Português (CEP) - a principal força militar que Portugal enviou para França durante a Primeira Guerra Mundial - e que foram organizadas pelo serviço das Bibliotecas Populares e Móveis, dirigido por Luz de Almeida (1867-1939)”, explica uma informação divulgada na página da Biblioteca Nacional na internet.

A Biblioteca do Soldado e as Madrinhas de Guerra
O acervo das bibliotecas móveis, que está documentado num livro guardado no ArquiAntes do Estado português decidir constituir bibliotecas móveis destinadas ao Corpo Expedicionário Português, já muitas outras instituições e associações cívicas tinham começado o trabalho de recolher livros para os soldados portugueses em França.
Em abril de 1917, a Universidade Livre anunciava a publicação de um boletim patriótico, que contava com a colaboração de diversos escritores, para os soldados lerem na frente de batalha, e pouco depois organiza bibliotecas móveis, chamadas de Biblioteca para o Soldado, enviadas especialmente para hospitais, “a fim de com a sua leitura amenizar possivelmente os períodos de doença ou convalescença e a permanência na trincheira dos legionários portugueses”, como explicava.
Por sua vez, em maio do mesmo ano, ‘O Século’ fez um apelo para que, à semelhança do que acontecia em Inglaterra, a população enviasse jornais para os soldados que se encontravam na frente francesa, bastando para tal, depois de lidos, cintá-los e expedi-los.
Apelava ainda a que o Governo mandasse colocar caixas pela cidade, também como acontecia em Londres, para que os livros fossem ali depositados.
Este matutino enviava “diariamente para a frente, 150 jornais”, revela a nota da Biblioteca Nacional, acrescentando que outras empresas jornalísticas, como ‘A Ordem’, “seguirão este exemplo”.
Diversas organizações como a Cruzada das Mulheres Portuguesas, as Madrinhas de Guerra, a Sociedade Portuguesa da Cruz Vermelha e a Cruz Verde, organizaram a recolha de livros e jornais e o seu envio para os soldados.
E os capelães, com destaque para os padres José Ferreira de Lacerda e Avelino de Figueiredo, fundaram as Casas de Leitura para os soldados na frente.

Bibliotecas móveis do Corpo Expedicionário Português
Biblioteca Nacional de Portugal
Sala de Referência
Campo Grande, 83
Até 29 de abril
De 2ª a 6ª, das 9h30 às 19h30 e aos sábados, das 9h30 às 17h30
Entrada gratuita

Ana Grácio Pinto

SISAB Portugal

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

No nosso Facebook...

Mario Fazenda

Parabéns ao Mundo Português


Vicentina Coelho

o + importante de tudo é voces publicarem a historia,, e lindo


Alvaro Rodrigues

Bom Dia para todos voces desse Mundo Português. Saudades desse lindo Porto que eu vivi nos meus anos de 50 a 1955. Um grande abraço e continuem mandando lindas fotos.


Maria Aurora Ribeiro

Um domingo maravilhoso para todos nós Portugueses espalhados pelo mundo eu moro no Brasil tenho muita saudade da minha terra natal beijinhos


Maria Isilda Sousa Faria

Muitos saludos aos portugueses pelo mundo fora desde caracas venezuela


Fatima Alves de Andrade

Felicitacoes! Temos que celebrar o que e nosso.


Ailton Aurora Alves

Bom dia e boa tarde para meu Portugal que amo de paixão !!!! muitos beijos para todos os Portugueses


Ayelen De Jesús Correia

Muitos parabéns ao Dr Carlos Morais, pelo trabalho realizado para o benefício da comunidade Português no mundo. Um prazer ter conhecido a o Sr Carlos e tudo o equipe do O Emigrante/ Mundo Português.


Jose Maria Monteiro

11.10.15 - Da cidade de CALW - Alemanha BADEN WURTENBERG Bom dia para todo o Mundo e, um bom Domingo para todos os meus amigos !!!


Armando Figueiredo

Johannesburg, Africa do Sul... Tempo maravilhoso,..um optimo dia pessoal!...


Silvia Leiva

olá! desde Santa Fe, na Argentina,um beijo para todos os portugueses. cá, esperando que a primaveira chegue de verdade :P faz frio ainda!!!!! carinhossss


Isabel Loyola

Parabéns pela página! Sou brasileira de Curitiba e leio-a com imenso prazer.


Maria Esteves?

Desejo a todos os emigrantes portugueses muita sorte e muita saúde


Maria Clara

Obrigada por esta página; pois tudo q diz respeito a Portugal me interessa, pois eu moro no Brasil; um abraço.


Maria Rosa

Muito bom mesmo!!! Meus parabéns a todos, tenham um bom dia.




Marcas Grupo