edição digital

Alunos da UA dão vida à cultura marítima de Ílhavo

04/01/17 CIÊNCIA Imagem

O objetivo é recordar memórias e identidades dos marinheiros e de uma arte ancestral...

Recordar a cultura marítima de ílhavo através dos seus homens do mar, reinterpretando visualmente a memória de histórias vividas na epopeia da faina. Este é o grande objetivo do projeto «Ílhavo – memórias e Identidade, recordar uma cultura» produzido pelos estudantes do 2º ano da Licenciatura em Design da Universidade de Aveiro (UA) e cuja exposição está patente até 30 de janeiro no Complexo das Ciências de Comunicação e Imagem do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA).
A mostra desenvolve-se em torno de sete temas ilustrados em serviços de mesa e resulta do encontro entre os antigos marinheiros ilhavenses e os estudantes.
“Não é possível compreender a história de Ílhavo sem reconhecer o impacto social, económico e cultural que a pesca do bacalhau representa para a região, assim como para o país – um legado histórico extraordinário que merece ser mais conhecido, divulgado e respeitado”, destaca uma nota divulgada pela UA. Orientados pelos docentes de Design Nuno Dias, João Nunes, Eduardo Noronha, os alunos do 2º ano da licenciatura de Design, no âmbito da disciplina de ‘Projeto em Design II’, propõe recordar a cultura marítima de Ílhavo a partir dos seus homens do mar, “reinterpretando através do desenho, a memória de histórias e realidades vividas, na primeira pessoa, nessa epopeia milenar”, informa ainda a mesma nota.
Mas se a história da ‘Faina Maior’ costuma ser contada pelos capitães, este projeto pretende dar a vez, e a voz, aos pescadores, re-interpretando as suas memórias pessoais e prestando homenagem às suas tradições e bravura. Os trabalhos resultaram do encontro dos estudantes com os ex-marinheiros da pesca do bacalhau - António Estevão, Carlos Santos, Horácio Velha, Horácio Bagão, José Ferreira, José da Madalena, Severino Tomás e Valdemar Aveiro - que permitiram aos jovens “conhecer homens notáveis que viveram, em carne e osso, uma epopeia milenar, capítulo maior da nossa história marítima”.
Alguns destes homens, lembra a equipa envolvida, “fazem parte da última geração dos pescadores à linha que remavam, solitários, nas pequenas embarcações, os dóris, lançadas dos icónicos lugres bacalhoeiros no Atlântico Norte, pescando o bacalhau que era servido à mesa de todos os Portugueses”.
Como resultado desses encontros, o projeto «Ílhavo – memórias e Identidade, recordar uma cultura» apresenta sete temas ilustrados em serviços de mesa, que pretendem realçar o papel essencial dos pescadores na grande aventura marítima da pesca do bacalhau. As temáticas definidas pelos alunos evocam “o humor dos pescadores como forma de superação das provações das longas e exigentes campanhas, os momentos pessoais e sociais a bordo desses navios, a utilidade e beleza da arte dos nós, as peculiaridades das expressões e da gíria dos marinheiros, os códigos usados na comunicação marítima e os ciclos que se viviam, nas campanhas da pesca, entre mar e terra”.
Sobre estes temas, os estudantes desenvolveram ilustrações que “representam os conhecimentos vividos sobre a faina que os marinheiros-pescadores generosamente partilharam, quer fossem sobre os momentos alegres de camaradagem ou sobre as agruras de uma vida necessariamente precária e perigosa”.
O trabalho surge no ano da celebração dos 20 anos da formação em design da UA em coorganização com a Câmara Municipal Ílhavo e o Museu Marítimo de Ílhavo.
Para mais informações sobre o projeto poderá ser consultada a página do projeto no Facebook: https://www.facebook.com/memoriaseidentidade/

SISAB Portugal

MUNDO PORTUGUÊS - ASSINE JÁ

Medalha de Mérito das Comunidades


Maior Onda surfada do Mundo


Mundo Português TV


Mundo Português APP





Meteorologia

No nosso Facebook...

Mario Fazenda

Parabéns ao Mundo Português


Vicentina Coelho

o + importante de tudo é voces publicarem a historia,, e lindo


Alvaro Rodrigues

Bom Dia para todos voces desse Mundo Português. Saudades desse lindo Porto que eu vivi nos meus anos de 50 a 1955. Um grande abraço e continuem mandando lindas fotos.


Maria Aurora Ribeiro

Um domingo maravilhoso para todos nós Portugueses espalhados pelo mundo eu moro no Brasil tenho muita saudade da minha terra natal beijinhos


Maria Isilda Sousa Faria

Muitos saludos aos portugueses pelo mundo fora desde caracas venezuela


Fatima Alves de Andrade

Felicitacoes! Temos que celebrar o que e nosso.


Ailton Aurora Alves

Bom dia e boa tarde para meu Portugal que amo de paixão !!!! muitos beijos para todos os Portugueses


Ayelen De Jesús Correia

Muitos parabéns ao Dr Carlos Morais, pelo trabalho realizado para o benefício da comunidade Português no mundo. Um prazer ter conhecido a o Sr Carlos e tudo o equipe do O Emigrante/ Mundo Português.


Jose Maria Monteiro

11.10.15 - Da cidade de CALW - Alemanha BADEN WURTENBERG Bom dia para todo o Mundo e, um bom Domingo para todos os meus amigos !!!


Armando Figueiredo

Johannesburg, Africa do Sul... Tempo maravilhoso,..um optimo dia pessoal!...


Silvia Leiva

olá! desde Santa Fe, na Argentina,um beijo para todos os portugueses. cá, esperando que a primaveira chegue de verdade :P faz frio ainda!!!!! carinhossss


Isabel Loyola

Parabéns pela página! Sou brasileira de Curitiba e leio-a com imenso prazer.


Maria Esteves?

Desejo a todos os emigrantes portugueses muita sorte e muita saúde


Maria Clara

Obrigada por esta página; pois tudo q diz respeito a Portugal me interessa, pois eu moro no Brasil; um abraço.


Maria Rosa

Muito bom mesmo!!! Meus parabéns a todos, tenham um bom dia.




Marcas Grupo